Luzes e Trevas


Por muito tempo, ela buscou o amor na luz. Mas o encontrou nas sombras, onde a solidão se alastrava como uma grande asa negra.  Ele era como a noite, sedutor e emblemático. Nas profundezas de sua alma, resguardava perigos letais, encobertos na espreita de uma essência suprimida que poderia se libertar a qualquer instante, como uma grande fera exilada e sagaz.
Estavam destinados.
Ele pertencia a ela, como a lua pertence ao anoitecer. E ela pertencia a ele, como sol pertence ao dia. Ele buscou por séculos a mulher que lhe resgataria da maldição e a encontrou em seu oposto. Ela buscou por anos a pessoa que lhe arrebataria do mar de tristeza e, no final, o encontrou na escuridão.
Apesar de tudo, se completavam. Eram Luzes e Trevas.

4 comentários

Camila Leite disse...

Lembrei do Patch! \o/ rs
Bacana, adorei! :)
Abraços,
Camila Leite

@sonhospontinhos
www.sonhosentrepontinhos.com

Loucos Por Livros! disse...

Que legal o texto! Gostaria de saber mais sobre as Luzes e Trevas. :) E o texto é bem romântico e tenso, pelo que eu entendi.
Adorei o texto! Está de parabéns!
Beijos ;*

Ana Carolina
http://loucospor-livros.blogspot.com

Blake disse...

Adorei o texto!!!
Romântico na medida certa!

^^

Feliz ano novo!
BjO

Gabriela Morgante disse...

Olá Caah, passei para te desejar um Feliz Ano Novo!

Beijos,

Gabi
Mundo Platônico - http://gabiiem.blogspot.com

Dê sua opnião

- Dúvidas, elogios, críticas, tudo é bem-vindo.
- Qualquer comentário desrespeitoso, pornográfico e preconceituoso será excluído.
- Não divulgue seu blog exibidamente, se quiser colocar o link dele para que outros leitores vejam, faça um comentário e coloque o link no final.
- Os comentários são liberados para qualquer um comentar de forma saúdavel.

Obrigado por visitar o Open Mind. Sua opnião é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...