Resenha de Dezesseis Luas

  Algumas paixões estão predestinadas... outras são amaldiçoadas.
Título: Dezesseis Luas
Autor: Margaret Stohl e Kami Garcia
Editora: Galera Record
Sinopse:
"Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona. Eleito pelo Amazon um dos melhores livros de ficção de 2009. Direitos de tradução vendidos para 24 países. Um filme da série está sendo produzido. "Pacote completo: um cenário assustador, uma maldição fatal, reencarnação, feitiços, bruxaria, vudu e personagens que simplesmente prenderão o leitor até o fim..."
 Dezesseis Luas é um livro distinto dos romances sobrenaturais comuns porque ao invés de ser narrado pela garota, como geralmente acontece, o livro é narrado pelo garoto em primeira pessoa. A linguagem e a fluidez da trama são formais, porém de fácil entendimento. 

Ethan mora em Gatlin, uma cidade sulista onde os habitantes se conhecem a gerações e todos seguem os costumes moralistas. Mas para ele aquela cidade não era uma cidade pacifica e aconchegante, era uma cidade completamente chata e entediante, onde dificilmente acontecia alguma coisa. Ethan mal podia esperar para sumir daquele lugar. Ele não tinha nada que o fizesse querer continuar ali. Seu pai era um lunático introvertido e solitário que vivia trancado dentro do escritório, sua mãe morreu em um acidente, sua vida não era ocupada com nada além das aulas e do basquete e, para piorar, uns sonhos esquisitos o atormentavam continuamente.
Entretanto, ele não sabia que isso iria mudar.

O primeiro dia de aula era para ser a retomada de sua rotina monótona até que ele viu a nova aluna do colégio. Lena Duchannes. Ela era linda e diferente, sua maneira de agir era completamente distinta das garotas do colégio, mas ela também era a sobrinha de Macon Revenwood, o homem que morava na casa mal assombrada e isso seria um impedimento para Ethan se aproximar de Lena, uma vez que os costumes morais de todos a sua volta o proibiam disso.  Contudo, quando ele descobriu que ela era a garotas dos seus sonhos perturbadores, os impedimentos não foram nada para ele, mesmo quando todos estivessem contra sua atitude, inclusive Amma, sua governanta.

"Nunca amei você mais do que amo nesse exato segundo. E nunca vou amar você menos do que a amo nesse exato segundo."

Com o tempo, Ethan descobriu que Lena não era apenas uma garota com personalidade. Ela fazia coisas assustadores acontecerem. Ela era uma Conjuradora.  E uma maldição rondava o amor deles. O tempo era curto, eles tinham apenas alguns meses até que chegasse o aniversário de 16 anos de Lena  e então seria Luz ou Trevas, sem que pudessem pelo menos optar. Quando esse desespero começa a se aproximar, todos os personagens vão se envolvendo na trama, Link - amigo de Ethan, Amma - sua governanta, Ridley - prima de Lena e Macon - tio de Lena.

"Dezesseis luas, dezesseis anos
Dezesseis dos seus mais profundos medos
Dezesseis vezes você sonhou com minha lágrimas
Caindo, caindo ao longo dos anos..."

Eu gostei muito do livro e me diverti demais com ele, para começar porque ele é contado em primeira pessoa e eu adoro livros assim e segundo porque é uma história profunda que envolve magia, feitiçoes, paixão e muitas expectativas. Espero ansiosamente para ler Dezessete Luas e aconselho todos a lerem.

Quem já leu gostou? O que acharam? Quem não leu pretende ler?

13 comentários

leandro disse...

Não li ainda, e apesar de parecer um livro de "mulherzinha" pretendo ler KKK. Parece ser uma história bem legal e misteriosa. Gostei da resenha. :)

As Autoras. disse...

Ameei seu blog e estou seguindo, se quiser dá uma passada lá no meu, tem promoção rolando! :D
beeeijos

http://www.coffeplusbooks.blogspot.com

Vanessa disse...

Ain, adorei a resenha. To louca pra ler esse livro, mas é grandinho e não dá pra eu ler agora, tem muitas provas nessas semanas e se eu ler esse livro vou ficar enrolada nas leituras. Então to lendo fininhos por enquanto q UAHSAUHSAUHS

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

ka macedo disse...

Eu e esse livro temos um certo problema. Eu comecei a ler e estava suuper empolgada com a história, mas acabei deixando de lado por que o ebook estava horrivel e por que ele estava para sair aqui no Brasil. O problema foi, então, que eu perdi a vontade de ler depois de tê-lo 'abandonado'. E até hoje não me habilitei a comprá-lo para, finalmente terminar.
Mas eu ainda vou ler e fazer uma resenha bonita como a sua (só nao sei se vai ser tão positiva né, haha).
É minha primeira visita aqui e gostei bastante do blog :)

Beiijos
Minha Bagunça.

territoriodascompradorasdelivro disse...

Oii, primeira visitinha...
Adorando o blog e o post, muito bom!
Seguindo, me segue também!!
http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/
bjsss *-*

Eduarda Menezes disse...

Me interessei pela história. No começo confesso achei que era apenas mais do mesmo, mas pode ser que esse tenha um certo diferencial! Também gosto quando o livro é narrado pelo protagonista masculino, pelo menos pra variar de vez em quando. Bjos e já estou seguindo o blog!

Carolinne disse...

Estou morrendo de vontade de ler esse livro.

Ei, gostei muito daqui :)

Fábrica dos Convites disse...

Claro que vou ler, eu também gosto de livros em primeira pessoa. Bjs, Rose.

Glaucea Vaccari disse...

Tenho muita vontade de ler esse livro.
Acho bacana ser narrado pelo personagem masculino. A mairia dos YA's é narrado pela garota, então ler algo 'diferente' é bacana.
Bjo

Bárbara Emerich Mórtimer disse...

UOW. Fascinei pelo livro. Estou louca pra ler .-.
Estranhei por ser narrado por um garoto, e gostei disso. Parabéns pela resenha ^^

Beijos beijos
Bárbara Emerich
Quero Um Romance...

Luana Farias disse...

A tempos quero ler esse livro mas ainda não consegui grana mas logo logo leio ele, prometo.

Bjs

Fernanda - Trilhas Culturais disse...

Oie...tenho paixaoo por ter esse livro , comprar, ganhar...ler, ter na estante. Acho a capa lindaaaaaa, a historia envolvente... Parabéns pelo lindo blog! Bjussss

é Felipe e é Miranda disse...

Primeiro comentário no blog (: Adorei a resenha e adoro livros do gênero *-*
http://ohmydogestolcombigods.blogspot.com/

Dê sua opnião

- Dúvidas, elogios, críticas, tudo é bem-vindo.
- Qualquer comentário desrespeitoso, pornográfico e preconceituoso será excluído.
- Não divulgue seu blog exibidamente, se quiser colocar o link dele para que outros leitores vejam, faça um comentário e coloque o link no final.
- Os comentários são liberados para qualquer um comentar de forma saúdavel.

Obrigado por visitar o Open Mind. Sua opnião é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...